quinta-feira, agosto 24, 2006

Impermanência

Nesta semana sugerimos a leitura do texto (clique aqui) onde o Thay fala sobre a impermanência.

Impermanência significa que tudo muda e que nada permanece o mesmo em dois momentos sucessivos.
É uma ferramenta que nos ajuda em nossa transformação, cura e emancipação.

Não deixe de ler!

Para obter o texto clique aqui

Para ler as notícias da semana clique aqui.

11 comentários:

Leo disse...

A impermanência parece intelectualmente óbvia, mas é muito difícil de aceitar. A mudança de algo ruim para uma situação melhor é saudada, mas temos dificuldade de aceitar o oposto.

Ele diz no texto: "Apenas a compreensão intelectual não nos conduz a liberdade." Sem a prática meditativa e a contemplação profunda a impermanência é apenas um conceito intelectual. As coisas mudam e sempre mudarão. Pior e melhor são apenas construções da nossa mente. A mente aberta aceita e observa sem restrições.

Dessa forma tudo fica mais leve, mais alegre, mesmo os momentos difíceis.

heide disse...

alternância...

Continuo precisando da forte presença dos meus irmãos de sangha.
Me debato entre ilusão e realidade, ondas de medo e desistência, entretanto continuo graças ao conceito de impermanência.
Os rasgos de compreensão do que o nosso medo provoca, a possibilidade de resgatar a alegria da convivência com minhas filhas e o meu encontro com o meu Budha interno, tem me conduzido neste momento.
A presença dos irmãos de sangha extrapola o virtual e aquece o meu coração.
Continuo contando com vocês.

Casamy disse...

Não estou aqui concordando ou descordando simplesmente estou num estado de Unidade, centralizando a força num dado momento,provocando a impermanência ,pois ela é uma forma que conduz a todos a um Estado de Unidade, onde Eu receberei a todos estando em todos e todos somos Um.Meditem

Casamy disse...

Crio e sou a impermanência para trazê-los a um Estado de Unidade.

marise disse...

Sinto que o nosso grande desafio e encontrar o equilibrio entre a necessidade de estabelecer objetivos para a nossa vida pratica e o desapego e a consciencia da impermanencia. Se nos focamos demais numa situacao, deixamos de perceber as oportunidades que a impermanencia nos oferece. Se nao mantemos foco nessa situacao, nao construimos para o futuro...

Ainda sobre impermanencia, li em algum lugar que "a ladeira que sobe e a mesma que desce". A forma como reagiremos aos fatos depende de nos, e de como queremos que esse fato ecoe no nosso futuro.

Namaste

Hannah disse...

Olá,
Mui bom o blog, vou ficar fregueza..
Parabéns e continuem...
Qto a impermanencia, impossivel
fugir dela, ainda que por vezes
a negamos, dissimulamos.
E se não fosse assim não estaria
eu aki e agora em grande deleite
com esses ensinamentos.
Bendita seja! e que flua sempre.
abs

Amanda disse...

Acabo de ler o texto sobre impermanência, começo a ler, estudar e pôr em prática o Budismo, e acabo de me separar apáos um longo relacionamento. Do mesmo modo que cada vez comprovo a impermanência das coisas, acredito cada vez mais que não existem conscidências na vida. Não é acreditar em destino, é algo distinto. De qualquer maneira, uma coisa está me levando a outra - crise pessoal, crise matrimonial, morte em família, busca da espiritualidade, budismo. Bobagem? Talvez, mas bendito momento em que encontrei esse blog. Estarei sempre por aqui.
abs

Leo disse...

Concordo com a Marise sobre o desafio. Sinto o mesmo. O que entendo é que não podemos ficar apegados aos resultados de nossas ações. Devemos fazer o que pudermos e dar o nosso melhor mas aceitar que pela impermanência o resultados das ações pode ser diferente do planejado.

Perder ou vencer faz parte do jogo mas devemos sempre estar no momento presente fazendo o melhor. O problema não é termos objetivos e sim ficar apegado a eles e achar que só poderemos ser felizes se os atingirmos.

O Bernardinho, tec da sel. de volei diz "• A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será conseqüência da boa preparação.". Preparar significa viver o momento presente, fazer o possível no presente e deixar que o futuro aconteça.

Shirley disse...

Fico com a frase última do texto, pois acalentou meu coração: "Você tem que nutrir e cuidar seu amor para ele crescer."

angeu souza disse...

Lendo os comentários fiquei muito curiosa para ler o texto, no entanto ele não está acessível, será que tem outro meio de acessa-lo.

Grata.

Tâm An Dao (Verdadeira Paz do Coração) disse...

O link foi atualizado. Obrigado.