terça-feira, junho 11, 2019

Experimentando Sentimentos

No texto dessa semana (clique aqui) Thich Nhat Hanh ensina o sétimo exercício da respiração consciente que é: “Inspirando, estou ciente das minhas formações mentais. Expirando, estou ciente de minhas formações mentais”.

Temos que aprender a olhar para o nosso corpo e nossos sentimentos como rios. No rio do corpo, cada gota de água é uma célula, sempre mudando. O mesmo acontece com o rio dos sentimentos. Sentimentos nascem, permanecem por um tempo e depois morrem. Praticar a contemplação dos sentimentos nos sentimentos significa que nos sentamos à margem do rio de sentimentos, os observamos e nos tornamos esses sentimentos. Sentados conscientemente, não nos permitimos afogar nos nossos sentimentos. A atenção plena nos ajuda a abraçar e identificar nossos sentimentos.
Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

domingo, junho 02, 2019

Plena Atenção e Concentração

No texto dessa semana (clique aqui) Thich Nhat Hanh oferece instruções de como cultivar alegria e felicidade através da prática de olhar profundamente, através da concentração.

A quantidade de felicidade que obtemos ao comer algo, por exemplo, depende da nossa atenção e concentração. Quanto mais concentrados estivermos, maior será nosso prazer e felicidade. As condições para a felicidade estão em toda parte - dentro e ao redor de nós - mas, como não nos concentramos, não as reconhecemos.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

domingo, maio 26, 2019

Comer Consciente

No texto dessa semana (clique aqui) Thich Nhat Hanh oferece instruções de como comer conscientemente. É uma prática maravilhosa que nos permite desfrutar 100% o alimento que temos em nossa refeição.

A alimentação consciente é muito agradável e profunda. Nós nos sentamos e ficamos cientes das pessoas sentadas à nossa volta. Estamos cientes da comida em nossos pratos. Nós olhamos atentamente para realmente reconhecer o pedaço de comida com a nossa atenção. Quando colocamos na boca, sabemos o que estamos colocando em nossa boca. Quando mastigamos, sabemos o que estamos mastigando. É muito simples.
Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

sábado, maio 18, 2019

Liberando nossas vacas

Muita alegria e felicidade vem de fugir ou deixar algo para trás. Há muitas coisas que não conseguimos deixar para trás, e que nos aprisionam. Pratique a observação profunda dessas coisas.

No texto dessa semana (clique aqui), Thich Nhat Hanh ensina que se você não é capaz de ser feliz porque está preso a coisas que te aprisionam, deixá-las para trás será uma fonte de alegria para você. O Buda e muitos de seus discípulos experimentaram isso e transmitiram sua sabedoria para nós. Por favor, olhe as coisas que você acha necessárias para o seu bem-estar e felicidade, e descubra se elas lhe trazem felicidade ou estão quase matando você.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

quinta-feira, maio 09, 2019

Questões sobre oração (parte 1)

Você costuma orar? Para quem rezamos no budismo? Há diferença entre a oração dos cristãos e a oração budista? Como evitar a armadilha da rotina na oração? É importante manter a postura do corpo na oração?

O texto dessa semana (clique aqui), é a primeira parte de um texto extraído de uma entrevista a uma revista americana. Nela Thay responde a algumas perguntas sobre a oração. Ele diz que orar é também pedir ajuda, e na tradição budista, pedimos ajuda à Sangha, pedimos ajuda ao Buda. Explica também que você não apenas pratica meditação com sua mente, sua mente é a metade. Você tem que meditar com seu corpo também.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

terça-feira, abril 30, 2019

Como transformar o nosso adubo

Sugerimos que você leia o texto (clique aqui) onde Thich Nhat Hanh fala sobre a transformação de nossas sementes não saudáveis.

Ele compara o praticante a um jardineiro orgânico que transforma adubo em flores. Nós devemos praticar para transformar nossa raiva, nossa angústia, nossa depressão em amor e compreensão. O praticante não é aquele que não tem raiva ou angústia, mas aquele que sabe transformá-las. Nesse texto Thay nos ensina como praticar para conseguir essa transformação.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

segunda-feira, abril 08, 2019

Aplicando a prática na nossa vida

Nessa semana oferecemos a você um texto (clique aqui) onde Phap Hai nos ensina que mais importante que lermos diversos livros ou textos sobre budismo e apenas torná-los alimento para nossa curiosidade intelectual, precisamos colocá-los em prática na nossa vida.

Hoje em dia há uma riqueza de materiais de Dharma disponíveis no clique de um botão. mas o grande desafio é o excesso de informações e, simultaneamente, nossa falta de capacidade ou a motivação de colocar muito disso em prática sincera. Esta é uma grande pena, e ainda é a situação que nos encontramos hoje.


Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

domingo, março 24, 2019

Agora é a hora de apenas ouvir

Existem duas chaves para uma comunicação efetiva e verdadeira. A primeira é a escuta profunda. Nessa semana compartilhamos um texto (clique aqui) onde Thay explica a escuta profunda que é um dos melhores instrumentos para estabelecer e restaurar a comunicação com os outros e aliviar o sofrimento.

Quando ouvimos com compaixão, não somos pegos em julgamento. Um julgamento pode se formar, mas nós não nos apegamos a isso. A escuta profunda tem o poder de nos ajudar a criar um momento de alegria, um momento de felicidade e para nos ajudar a lidar com uma emoção dolorosa.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

segunda-feira, março 11, 2019

Entender nosso próprio sofrimento nos ajuda a entender o sofrimento dos outros

Nessa semana compartilhamos um texto onde Thay explica a importância de entendermos o nosso sofrimento para que possamos entender o quanto os outros sofrem também.

A autocompreensão é crucial para entender a outra pessoa; o amor-próprio é crucial para amar os outros. Quando você entende seu sofrimento, sofre menos e é capaz de compreender o sofrimento de outra pessoa com muito mais facilidade. Quando você pode reconhecer o sofrimento na outra pessoa e ver como esse sofrimento surgiu, a compaixão surge. Você não tem mais o desejo de punir ou culpar a outra pessoa.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

segunda-feira, fevereiro 11, 2019

Mente de principiante

Nessa semana compartilhamos os insights de Mary Patterson, uma canadense que passou 40 dias em um retiro em Plum Village. No seu livro "The monks and me" ela relata sua experiência e o que aprendeu.

No texto sugerido (Clique aqui) ela compartilha o que vivenciou sobre o olhar renovado para as coisas habituais, olhar através da mente do principiante. Thay ensina que, para que um grande insight (visão) seja possível, este tipo de concentração deve ser estimulada o tempo todo. Se nós nos treinarmos para viver desta maneira, a felicidade e o insight vão continuar a crescer. Em seguida, as nossas tristezas e medos enfraquecerão.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

segunda-feira, fevereiro 04, 2019

Nada pode sobreviver sem comida

Nessa primeira mensagem de 2019 sugerimos que você leia um texto (clique aqui) que mostra de uma maneira mais ampla o que é o conceito de alimentação.

Thay ensina que tudo o que consumimos atua para nos curar ou nos envenenar. Nós tendemos a pensar em nutrição apenas como o que absorvemos através de nossas bocas, mas o que consumimos com nossos olhos, ouvidos, narizes, línguas e corpos também é comida. As conversas que acontecem ao nosso redor e as que participamos também são comida. Estamos consumindo e criando o tipo de alimento saudável e que nos ajuda a crescer?

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.