quinta-feira, outubro 05, 2006

Este é o amor do Buda

O texto dessa semana é uma entrevista (clique aqui) do Thay para a revista Shambhala Sun de Março de 2006.

Nessa entrevista o Thay fala de meditação, a relação de interdependência entre as pessoas, explorando o conceito de não-eu e a importância da comunidade na prática.

Não deixe de ler!

Para ler a newsletter da semana clique aqui.

Para obter o texto clique aqui.

3 comentários:

Leo disse...

"Temos o hábito no nosso interior de olhar para a felicidade em outro lugar que não no aqui e agora. Podemos perder a capacidade de perceber que a felicidade é possível no aqui e agora, que temos todas as condições suficientes para ser felizes agora."

Isso me diz muito. Foi um insight que tive a duras penas durante esse ano e que volta e mia surge, mas hoje sinto minha mente mais forte para perceber as artimanhas que me desviam da felicidade disponível aqui e agora.

Gostei muito da entrevista.

heide disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
heide disse...

"o insight que se adquire quando se está em contato com uma situação real."

Perdi uma sobrinha/filha no acidente do avião da Gol e por algum tempo só via dor. Logo depois fui percebendo que morri um pouco junto com aquelas 154 pessoas mas "o insight que se adquire quando se está em contato com uma situação real" é o importante.

Fui passar a tarde de sábado com o filhindo dela, lindo de 1 ano e 2 meses. O sorriso inocente, as palavras truncadas de quem esta aprendendo a falar mamãe, trouxe-me traqulidade.

Tive o insight que morri com eles e todos nos e eles estamos vivos nos sorrisos dos que continuam, na palma das nossas mãos e dos que ainda virão.

Que todos familiares do Gol 1907 possam, permanecendo no presente, fortalecer e florescer na sensação da alegria da vida.

Força e luz,
heide