quinta-feira, setembro 07, 2006

Sem Inimigos

Sugerimos que você leia nessa semana um texto (clique aqui) onde o Thay defende que os seres humanos não são nossos inimigos, nossos inimigos são a violência, a ignorância e a injustiça.

Ele fala que a verdadeira compreensão e a compaixão são duas fontes de energia extremamente poderosas, sendo o oposto da estupidez e da passividade.

Mostra que as pessoas que agem com compaixão não são submissas e nem aceitam a injustiça.

Vale a leitura!

Para obter o texto clique aqui.

Para ler as notícias da semana clique aqui.

4 comentários:

Leo disse...

"É preciso ter muita força para agir com compaixão e não vilência". É a pura verdade. O impulso mais forte é sempre reagir e devolver na mesma moeda. Creio que é preciso meditar bastante e criar uma força mental para ter plena consciência no momento que nos sentimos ofendidos ou atacados para tomar a melhor atitude.

è interessante ele falar que não significa sermos passivos. A paz de espírito nos ilumina para tomarmos a atitude mais inteligente.

Muito bom!

Antônio disse...

Sempre se confunde não violência com passividade. Acho que ele fala muito bem sobre isso. Fica bem claro.

maria sandra disse...

Ainda sinto muita dificuldade para distinguir o meu comportamento compassivo com o passivo.
Acredito a cada dia que o que me falta é a prática disciplinada da meditação, para ter mais clareza.

heide disse...

"O amor está sempre em você, como a luz do sol que, mesmo quando chove, brilha acima das nuvens..."

Creio que devo sempre começar o exercício da não-violência sendo mais compassiva e amorosa comigo.

As vezes pensamos em ser compassivo com o outro e somos crueis no nosso próprio julgamento.

Me acolher, ver a minha emoção e procurar ter atenção sobre a motivação real é a meta.

Como sempre a sangha é um refugio fabuloso. A leitura deste texto trouxe-me conforto.

Continuo contando com meus irmãos de sangha, minha familia espiritual.

Shanti a todos