quinta-feira, março 17, 2011

Sem lama, sem lótus

No texto sugerido desta semana (clique aqui) Thich Nhat Hanh ensina que as pessoas tendem a achar que seu verdadeiro lar é um lugar onde não há sofrimento, apenas felicidade. Mas este pensamento vai contra a sabedoria do interser. Não podemos fazer crescer uma flor de lótus sem lama. Para cultivar vegetais, precisamos composto. Qualquer jardineiro orgânico sabe por que guardamos os restos da nossa comida e o lixo do jardim. Este lixo é orgânico e com ele podemos fazer composto para nutrir flores e vegetais. Sofrimento e felicidade são também orgânicos. Podemos transformá-los em bem-estar. Este é o ensinamento do Buda sobre não-dualidade.

Ele diz também que a flor de lótus não é possível sem a lama. Entendimento e compaixão não são possíveis sem sofrimento. Ele diz que nunca gostaria de estar em um lugar onde não houvesse sofrimento, porque em tal lugar não teria a chance de aprender como entender e ser compassivo. É tocando o sofrimento que temos a chance de entender as pessoas e seu sofrimento. É entendendo nosso próprio sofrimento e o sofrimento dos outros, que começamos a saber o que é ser compassivo. É apenas contra o pano de fundo do sofrimento que podemos reconhecer nossa felicidade.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal clique aqui ou nos mande um e-mail (clique aqui) para passar a recebê-la diretamente.

3 comentários:

Estephania disse...

boa noite e obrigada pela mensagem. Apropriada para o momento do sofrimento em nos todos pelos acontecimentos no Japão. Mas, como tudo é impermanente...o sofrimento vai passar. mas, devemos, por outro lado nos preparar para o ' inverno', pois faz parte da vida, na propria compreensao do interser. Paz, muita paz, Estephania

mauricio disse...

No ápice do sutra do coração, o último obstáculo, o medo. Quando não há mais a ideia de ganho, quando não há mais a ideia de perda, também não há mais medo! Sem expectativas e portanto sem medo! A grande sabedoria de Thay nos aponta amorosamente para este ponto, sem dúvida este é o ponto!

Alta Walker Almeida disse...

ola amigos,

gostaria de pedir a ajuda de voces.
mudei-me a dois anos para a cidade de são jose do rio preto, interior do estado de são paulo.
gostaria de montar um grupo de estudo dos ensinamentos do thay aqui, como posso fazer? quem poderia me orientar?

um abraço apertado,
paz a todos os seres,