quinta-feira, março 24, 2011

Ahimsa

A palavra sânscrita ahimsa, usualmente traduzida como não-violência literalmente significa, não ferir ou ser inofensivo. Para praticar ahimsa, primeiramente temos que praticá-la dentro de nós mesmos. Em cada um de nós, há certa quantidade de violência. Dependendo do nosso estado, nossa resposta às coisas será mais ou menos não-violenta.

No texto sugerido desta semana (clique aqui) Thich Nhat Hanh reflete sobre o que é ser não violento. Ele diz que para praticar ahimsa, primeiramente precisamos aprender a lidar pacificamente conosco mesmos. Se criarmos verdadeira harmonia dentro de nós, saberemos como lidar com a família, amigos e associados. Técnicas são sempre secundárias. O mais importante é se tornar ahimsa, de forma que quando uma situação se apresente, não criaremos mais sofrimento. Para praticar ahimsa, precisamos de gentileza, bondade amorosa, compaixão, alegria e equanimidade direcionadas a nossos corpos, nossos sentimentos e outras pessoas.

A paz real deve ser baseada no insight e entendimento e para isso devemos praticar a reflexão profunda – olhar profundamente dentro de cada ato e cada pensamento da nossa vida diária.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal clique aqui ou nos mande um e-mail (clique aqui) para passar a recebê-la diretamente.

4 comentários:

Adriana disse...

Muito inspirador e verdadeiro o texto.
Que possamos a cada dia nos aproximar de tamanha sabedoria.

Álvaro Diogo disse...

As leituras neste blog são sempre maravilhosas, mas essa me tocou profundamente.

Reproduzi em meu blog com os devidos créditos.

Grato.

Abraços!

Tâm An Dao (Verdadeira Paz do Coração) disse...

Obrigado Alvaro. Fico feliz que tenha te ajudado.

Sonia Maria Mattoso de Moura disse...

Sou novata descobrí Sangha através da Revista Pulso esportes hoje sabado dia 02/04, era isto que eu estava procurando... Caminhar para meditar entrei no site e parei aquí obrigada.