sábado, setembro 20, 2014

Transformando Energias de Hábito Negativas

Essa semana Thay comenta uma lenda sobre uma vida anterior do Buda (clique aqui) quando ele estava no inferno. O Buda fez muitos erros, como todos nós. Ele se fez sofrer e fez pessoas em torno dele sofrerem. Às vezes cometeu erros muito grandes e é por isso que em suas vidas precedentes esteva no inferno.

Thich Nhat Hanh confessa que também já esteve no inferno, muitos tipos de inferno e também constatou que mesmo no inferno a compaixão é possível. Com a prática da meditação budista, você pode evitar que o inferno se manifeste. E se o inferno se manifestar, você tem muitos modos de transformá-lo em algo que seja mais agradável. Quando você fica zangado, o inferno nasceu. A raiva faz você sofrer muito e não só você sofre, mas também as pessoas que você ama. Quando nós não sabemos como praticar, de tempos em tempos, criamos o inferno nas nossas famílias.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

Um comentário:

Espaço Casulo de Luz disse...

Caro Leonardo,
Paz!


Recebo e estudo os textos que vcs, generosamente, postam periodicamente. Há muito tempo venho lendo e "seguindo" os ensinamentos do Thãy.
Sou de origem católica romana. Fui frade franciscano e assessor da Dimensão Missionária da CNBB. Estudei Religiões Comparadas e me aprofundei, um pouco, no Zen-Budismo. Mas minha admiração e identificação com essa tradição aumentou demais depois que conheci e comecei a seguir os ensinamentos do Thãy.
Como vivo em Goiânia (GO), só acompanho pela internet os vários grupos da tradição.
Gostaria de começar um grupo por aqui. Entre os católicos há uma grande simpatia pelo Mestre de Plum Vilage, principalmente por causa dos livros dele editados pela editora católica Vozes.
O que você me sugere? Devo continuar assim, sozinho? Devo mesmo "provocar" a criação de um grupo? Como fazê-lo? Podem me ajudar nisso com orientação e umas dicas?
Vocês conhecem algum simpatizante que viva por aqui que eu poderia contactar?
Agradeço a atenção e a generosidade!
No Dharma!

Ton Alves(ton.6@hotmail.com)