quarta-feira, janeiro 21, 2009

Gratidão, a Primeira Ceia

Você sente gratidão pelas coisas que tem? E pelo que recebeu? É grato a seus pais pelo amor que recebeu? Thich Nhat Hanh, no texto sugerido (clique aqui), diz que se sente extremamente grato por tudo. Todas as vezes em que toca a comida, sempre que vê uma flor, quando respira ar puro.

Thay diz que "Sempre que fazemos uma refeição, praticamos a gratidão. Somos gratos por estarmos juntos numa comunidade. Somos gratos por termos alimentos para comer, e realmente apreciamos a comida e a presença uns dos outros. Sentimo-nos gratos durante toda a refeição e todo o dia, e expressamos esse sentimento ficando completamente conscientes da comida e vivendo profundamente cada momento. É assim que tento manifestar minha gratidão a toda a vida. "

Leia o texto, e divida seus comentários em nosso blog.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal clique aqui ou nos mande um e-mail (clique aqui) para passar a recebê-la diretamente.

(Foto:Leonardo Dobbin)

4 comentários:

Mirse disse...

Boa noite Leonardo. Sempre recebo seus textos com muita alegria. Imprimo e leio duranto toda a semana procurando apreender o máximo. Contudo, desta vez não consegui abrir o texto.
Seria possível enviar para mim?
Desde já agradeço.
Atenciosamente

Mirse Maria

Anônimo disse...

Quridos irmãos da "Sanga"

Lendo o texto "gratidão, a Primeira Ceia" me enfluenciou profundamente e me fez pensar em algo que tenho que corrigir em meu lar, não por falta de atitude, mais um pouco mais de perseverançã.Tenho três filhos um adolecente e os outros dois ainda menores.Sei exatamente o que é tentar fazer uma refeição com mente atenta, difícil é fazer entender que este momento é uma dádiva.Temos que dividir este momento com televisões, programas infantis, que eles em sua inocensia tem a ideia de serem mais importantes.Sem ainda ter que houvir, mãe isso eu não gosto ,não quero faz outra coisa. Mas com paciência amor e perseverança, no momento certo esles entendem.O que não posso e deixar de ser um exemplo e mostar que uma refeição é um encontro com "Deus" e uma grane benção.

Shanti, muita paz a todos.

Rose Huppes disse...

O comentário anterior é meu , Rose Huppes. Peço desculpas pelo erro.

Obrigada!

Orminda disse...

Voce me fez uma pergunta sob gratidão. Jóia! Nossa pratica sem gratidão, não seria a pratica de Plena -Atenção.
Quando fiz um treinamento no mosteiro do Espirito Santo chamado Angô, de tres meses; se dormia no templo, antes de dormir fazia-se a pratida dos tres toques a Terra e ao acordar, rezava-se: "acordo e rezo junto com todos os seres para que todos despertem nas 10 direções" Coloquei isso na minha pratica de todos os dias, ja acrescentando depois a gratidão. A maior gratidão que tenho hoje é pelo Elemento AR, pois graças a Ele estou viva até hoje, depois de ter passado por um cancer de pulmão e ficado só com um pulmão e meio, aos 30 anos de idade.