sábado, novembro 10, 2007

Cultivando a base de nosso ser

Sugerimos que você estude a palestra de Dharma (clique aqui) compartilhada pelo irmão Phap Hai, monge do Deer Park Monastery.

Phap Hai chama os praticantes espirituais de "cultivadores", cultivadores das sementes que nós temos em nossa consciência, criando condições que permitam que as sementes positivas venham adiante. Em vez de ser uma prática de trabalho duro, através do cultivo da plena consciência nós permitimos que nossa sabedoria inata floresça, no seu próprio tempo e modo.

Através da comparação com a fábula da busca dos cavaleiros do Rei Arthur pelo Santo Graal, ele mostra que o cultivo nos guia através da busca pelo nosso Graal, nossa aspiração mais profunda.Ele nos conduz pela fábula, misturando com histórias do Buda e ensinando em profundidade.

Se você quiser ler a newsletter semanal clique aqui ou nos mande um e-mail (clique aqui) para passar a recebê-la diretamente.

Um comentário:

Carla (Desabrochar hábil do coração) disse...

Adorei!
Este texto é maravilhoso "...nós permitimos que nossa sabedoria floresça, no seu próprio tempo e modo..."
Obrigada !