domingo, dezembro 06, 2020

Sem medo

A maioria de nós anda por aí com medo da separação de nossos entes queridos, com medo da solidão e com medo da inexistência. Nosso maior medo é que, quando morrermos, nos tornemos nada. Muitos de nós acreditamos que toda a nossa existência é apenas um único período de vida desde o momento em que nascemos até o momento em que morremos. Acreditamos que nascemos do nada e quando morremos nos tornamos nada..

Sugerimos que você leia o texto (clique aqui) onde Thay ensina que um dos maiores presentes que podemos oferecer a outras pessoas é incorporar o não-medo e o desapego. Este verdadeiro ensinamento é mais precioso do que dinheiro ou recursos materiais. O medo distorce nossas vidas e nos torna infelizes. Nós nos agarramos a objetos e pessoas, como uma pessoa que está se afogando agarrada a um tronco flutuante. Ao praticar o desapego e compartilhar essa sabedoria com os outros, damos o presente do não-medo. Tudo é impermanente. Este momento passa. Essa pessoa vai embora. A felicidade ainda é possível.

Se você quiser ler a nossa newsletter semanal (clique aqui) ou nos mande um e-mail para contato@viverconsciente.com para passar a recebê-la diretamente.

Um comentário:

Tadeu Borges disse...

de novo e outra vez, a gente vai internalizando, não é memso?
muito obrigado!