quinta-feira, março 22, 2007

Os Três Refúgios

Essa semana sugerimos que você estude o texto (clique aqui) onde Thich Nhat Hanh comenta sobre os Três Refúgios: O refúgio no Buda, no Dharma e na Sangha.

Ele diz que quando olhamos profundamente, vemos que os Três Refúgios podem ser compreendidos de duas maneiras. Uma é a prática de buscar proteção exterior. Desejamos ser protegidos. A vida é cheia de perigos, não sabemos o que nos acontecerá hoje ou amanhã. A outra é a busca de proteção interior. Por isso, refugiar-se no Buda significa buscar segurança no Buda.

Além disso o Thay no sensina que quando alguém diz "Creio no Buda. Creio no Dharma. Creio na Sangha", o Buda, o Dharma e a Sangha não devem ser simples idéias se queremos evoluir. Juntamente com aquela declaração, a pessoa precisa praticar, precisa ser capaz de tocar e reconhecer a natureza da iluminação dentro dela mesma; caso contrário, não será uma prática, será apenas uma declaração, nada mais que uma idéia.Divida seu insight e suas dúvidas sobre os Três Refúgios conosco em nosso blog.

Para ler a newsletter semanal clique aqui ou nos mande um e-mail (clique aqui) para passar a recebê-la diretamente.

2 comentários:

Leo disse...

A tomada de refúgio para mim é uma prática constante. Sempre procuro me refugiar na minha conscientização, ou nos ensinamentos que estudamos semanalmente ou na nossa Sangha que se reúne semanalmente e aonde trocamos nossas experiência. Esse grupo me dá muita força e sem dúvida é um grande refúgio.

Obrigado a todos vocês.

heide disse...

Me refugío na sangha e nem sinto que ela é virtual.
estamos juntos em propósitos!
Shanti